Higiene Oral - Saiba Mais!

Sub Forum destinado à discussão de Temas relacionados com a Higiene Oral

Moderador: Ricardo Pingo

Higiene Oral - Saiba Mais!

Mensagempor Marlene Brandão em Quarta, 11 Mar 2009 23:30

Imagem
Higienista Oral
Texto, fotos e revisão técnica: Ricardo Pingo

:arrow: Um higienista oral é um técnico de diagnóstico e terapêutica que trabalha principalmente nos cuidados de saúde primários e como tal, tem como objectivo máximo a prevenção, promoção e manutenção da saúde oral da população. Este pode actuar em dois âmbitos: o Clínico e Comunitário.

Em meio clínico, o higienista oral realiza recolha de dados para diagnóstico, tratamentos profilácticos e aconselhamento ao paciente.
Toda a primeira consulta é iniciada com a anamnese para avaliar se existem patologias que influenciem o tratamento dentário ou que sejam potenciais fontes de problemas orais e sistémicos (quer pela própria acção da doença, quer pelos fármacos associados) e podem ser feitos os seguintes exames de diagnóstico:

- Medição de Sinais Vitais – registo de pulsação, respiração e tensão arterial
- Exame da Cabeça e do Pescoço - avaliação de estruturas como gânglios linfáticos, tiróide, ou articulação temporo-mandibular.
- Exame Intra-Oral – avaliação das estruturas intra-orais como a língua ou as amígdalas
- Exame do Periodonto - avaliação do estado dos tecidos gengivais e de suporte do dente.
- Exame da Dentição - avaliação dos dentes em termos de cáries, obturações ou anomalias dentárias.
- Realização de raio-x intra-orais ou extra-orais (ortopantomografia)
- Avaliação da dieta

Imagem
Fig. 1 – Algumas das estruturas avaliadas nos exames de diagnóstico.

Após avaliação, o higienista pode realizar vários tipos de tratamentos profilácticos e um plano de tratamento adequado a cada indivíduo. Se necessário, é realizado o encaminhamento do paciente para a especialidades de Medicina Dentária correspondente.

:arrow: Os tratamentos profilácticos que podem ser realizados são:


- Destartarizações - remoção de tártaro sub e supragengival

ImagemImagem
Fig.2 – Instrumentos para remoção de tártaro – à esquerda, destartarizador EMS minipiezon; à direita cureta universal da Hu-Friedy

- Alisamento Radicular – raspagem de irregularidades na superfície radicular dos dentes.

Imagem
Fig.3 – Técnica de Alisamento radicular

- Remoção de manchas exógenas – remoção de pigmentos de tabaco, café, chá, etc.

ImagemImagem
Fig.4 – Instrumentos para polimento e remoção de manchas exógenas. À esquerda temos um prophyjet da Dentsply, à direita um contra-ângulo da Microdent.

- Aplicações tópicas de fluoretos – colocação profissional de fluoretos para prevenir cáries e fortalecer o esmalte.
Imagem
Fig. 5 – Moldeira para colocação do gel de flúor.

- Aplicação de selantes de fissura – colocação de resinas dentárias que vão selar as fissuras da face oclusal do dente.

Imagem
Fig.6 – Aplicação de selante de fissura.

Com o crescimento dos tratamentos estéticos poderão surgir novas competências num futuro próximo, temos como exemplo:

- Branqueamento dentário – aplicação profissional de produtos que visam clarear os dentes.
- Aplicação de piercings dentários – colocação de um brilhante ou adesivo no dente.

Outro aspecto importante é o conteúdo pedagógico da consulta de higiene oral. Não nos devemos esquecer que a prossecução do melhor estado de saúde possível é um objectivo para TODOS os profissionais de saúde. Como não podia deixar de ser, os ensinos de higiene oral são uma constante nas consultas porque permitem ao paciente melhorar a sua saúde e prevenir doenças orais. Podem ser transmitidos ensinos sobre técnicas de escovagem e/ou fio dentário, a importância do flúor para o esmalte dentário, o consumo de açúcares como factor de risco para a cárie dentária, etc.

No âmbito de trabalho comunitário o higienista oral pode fazer trabalho em centro de saúde, lares de idosos, jardins-de-infância, instituições de pessoas com necessidades de cuidados especiais, entre outros. O trabalho comunitário envolve programas que têm como objectivo a avaliação e melhoria da saúde oral da população.
Podem ser realizados:

- Rastreios – identificação de problemas dentários ou gengivais.
Imagem
Fig. 7 – Exemplo de um odontograma com registo de CPO (cariados, perdidos e obturados)

- Acções de educação para a saúde – ensinos teórico-práticos sobre patologias orais e o que fazer para as evitar.
Imagem
Fig. 8 – Diapositivo típico de uma Acção de Educação para a Saúde

- Aplicação de selantes de fissura – colocação de selantes às crianças abrangidas pelo Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (Circular Normativa n.º 1/DSE de 18/01/05)

Imagem
Fig. 9 – Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral da DGS



:arrow: Onde posso então encontrar um higienista oral?

- Clínicas privadas

- Hospitais / Centros de saúde

- Lares de idosos / Jardins-de-infância / Escolas

- Empresas da área da medicina dentária.
Marlene Brandão
[email protected]
Avatar do utilizador
Marlene Brandão
Administrador
 
Mensagens: 7765
Idade: 35
Registado: Quarta, 19 Out 2005 22:47
Localização: HR Hospitalar
Sexo: Feminino
Área TDT: Radiologia

Re: Higiene Oral - Saiba Mais!

Mensagempor Ricardo Pinto em Quinta, 25 Ago 2016 09:26

É um tema muito pertinente e deve ser mais divulgado nas escolas e creches para que desde pequeninos comecem a preocupar-se com a higiene oral!

Obrugado Marlene pelo artigo!
Ricardo Pinto
Membro Iniciante
 
Mensagens: 4
Registado: Quinta, 18 Ago 2016 11:15
Sexo: Masculino
Área TDT: Higiene Oral


Voltar para HIGIENE ORAL

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron